Chamarrita do Pico pode ser património imaterial

Mais para os lados do cais do Galego, numa zona de adegas da Piedade, há muitos anos que existe a tradição da chamarrita, do Vinho do Pico e também muito importante do caldo de peixe.
No ano passado, no dia 22 de Junho, a União Recreativa do Cais do Galego instituiu o Dia Oficial da Chamarrita do Pico.
Afinam-se as cordas, aquecem-se as vozes e baila-se a chamarrita.
No Pico, atualmente, já existem 5 grupos de chamarritas e mais de 20 tocadores. A chamarrita está a crescer.
Só nos últimos anos, a União Recreativa do Cais do Galego já ensinou muitas pessoas de todas as idades a bailar e mandar a chamarrita, está então instituida como uma verdadeira escola.
Este primeiro aniversário do Dia da Chamarrita do Pico foi marcado com uma homenagem a todos os que têm conseguido manter viva a Chamarrita, com a entrega de uma medalha.
Nesta cerimónia, o Presidente da União Recreativa lançou o desafio de se propôr a Chamarrita à classificação como património cultural e imaterial.
A Chamarrita é uma tradição centenária que expressa a cultura popular picoense.




Chamarrita do meio



Fonte: vimeo.com / http://www.rtp.pt/acores/index.php?article=36704&visual=3&layout=10&tm=6
 
 
Patrícia Machado
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário