Dia Internacional da Mulher


© Lado M

#NãoQueroFlores
#QueroViajarSozinhaSemMedo 

Começo assim este post para que neste dia, Internacional da Mulher, para além das congratulações a todas as mulher e aos seus feitos ao longo dos anos, também consigamos perceber que ainda existe muita descriminação para com elas. Embora tenhamos derrubado imensas barreiras, ainda há um limiar que nos sugere como o sexo fraco e/ou um alvo a abater. 
Neste dia da Mulher vamos não só nos celebrar mas nos reafirmar. 
O texto que se segue abaixo não é da minha autoria mas gostaria de o partilhar ... 

"No final de fevereiro, duas jovens que viajavam pelo Equador desapareceram. Na semana passada, seus corpos foram encontrados, mas a mídia internacional tem divulgado a notícia dando ênfase ao fato de que as duas estavam "sozinhas". Mas, se estavam em duas, como estavam "sozinhas"? Deu a entender que era necessária a companhia de um homem para que elas estivessem protegidas. E mais: muitos questionaram as roupas que elas estariam usando, se elas teriam usado drogas e que outro fim poderia ser esperado para essa viagem já que elas eram mulheres sozinhas por aí. Como disse a mãe de uma das jovens, se o mesmo tivesse acontecido com rapazes, o mundo estaria dizendo "meus sentimentos" aos familiares. Mas, como se trata de duas mulheres, o machismo faz com que as vítimas sejam tratadas como irresponsáveis. Por isso, no dia 8 de março, #NãoQueroFlores: eu quero poder viajar sozinha sem sentir medo de ser morta ou estuprada."


Não deixem que silenciem a nossa voz. 

Um feliz dia da Mulher. 



Sem comentários:

Publicar um comentário