Distinção da UNESCO é “uma mais-valia” para a promoção do Triângulo




A Associação de Municípios do Triângulo (AMT) congratulou-se hoje pela classificação das Fajãs de São Jorge como Reserva da Biosfera, pelo Conselho Internacional de Coordenação do Programa MaB – Man and the Biosphere (O Homem e a Biosfera), da UNESCO.
As Fajãs passam a integrar a Rede Mundial na sequência da candidatura apresentada pelo Governo dos Açores, abrangendo toda a ilha de São Jorge e uma área marinha adjacente até três milhas da costa.
A AMT reconhece o empenho das comunidades e Municípios envolvidos no processo de candidatura, bem como do Governo Regional dos Açores e considera que a classificação ora atribuída representa uma mais-valia para a promoção dos Açores e do Triângulo enquanto destino turístico de qualidade ambiental reconhecida.
A classificação pela Unesco vem reforçar, igualmente, ao nível do Triângulo, as potencialidades das ilhas do Faial, do Pico e de São Jorge em termos de captação de turistas, pela complementaridade da sua oferta, que agora ostenta os galardões de Reserva da Biosfera, no caso das Fajãs de São Jorge, de Paisagem Protegida da Cultura da Vinha, na ilha do Pico e de Destino Éden, no caso do Parque Natural da ilha do Faial.

Fonte: http://maiscentral.com

Ana Cabrita

Sem comentários:

Publicar um comentário