Um passeio por santa Maria


Esta será uma das sugestões para fazer uma visita à ilha de Santa Maria e conhecer um pouco da sua historia. Para isso, comece na Aerogare do aeroporto de Santa Maria, onde poderá perceber um pouco da história do aeroporto e a importância deste na vida e na economia da ilha durante as décadas de 40 e 50, passando depois pelo chamado poço dos Americanos, onde habitam várias aves, entre elas a
Garça cinzenta, a Garça Branca e a galinha de água, só que para aprecia-las tem de ser bem cedo ou mesmo ao fim da tarde. Nesta zona também podemos conhecer o edifício onde esteve sediada a sede da famosa FLA (Frente de Libertação dos Açores) que ao serem investigados pela "PIDE" Os membros da FLA criaram uma espécie de aviário para fazer passar despercebidos correspondência entre si, sendo as siglas FLA interpretadas como "Frangos de Lisboa e Açores", havendo mesmo uma criação de frangos na sede a quando das visitas inesperadas da Policia Internacional do Estado, a "PIDE". De salientar que neste momento serve de abrigo a caprinos. Seguimos caminho e entramos na mata do aeroporto, zona de lazer e de muitos piqueniques de famílias e funcionários do aeroporto aos finais de semana, onde pode praticar um pouco de desporto, esta é uma zona favorita para a pratica do  
paintball. Paragem no antigo campo de futebol, onde se praticava não só o futebol como o criquet, o baseball e outras modalidades existentes na época.  
Chegamos ao Clube Asas do Atlântico, casa da primeira rádio Açoriana e que ainda hoje leva Santa Maria e os Açores aos 4 cantos do mundo, Fundado a 5 de Outubro de 1946, foi
peça importante durante a II guerra mundial, durante a revolução do 25 de Abril e durante o terramoto de 80, ao longo dos anos teve um papel importante também na área do desporto Mariense, nas modalidades de futebol de 11, l voleibol, tiro ao prato e andebol e á 35 anos é também responsável pela realização da prova de rally " Alem Mar Santa Maria". De salientar que foi nesta casa que jogou e saiu o grande jogador português, Jorge Vicente, 7 vezes campeão Nacional e mundial pelo Benfica e por Portugal, partiu desta casa com apenas 15 anos para a academia do Benfica. Uma casa que também nos presenteia com sala de jogos, bar e biblioteca para as horas de lazer e ainda salão de festas para vários eventos ao longo do ano, entre eles os bailes de Carnaval e passagem de ano. Paragem em mais um clube desportivo, o Clube Ana de Santa Maria, fundado em 1981, este clube já teve modalidades como o hóquei em patins, natação, hoje abrange as modalidades de basketball, voleibol, karaté e setas, tem também um grupo de teatro, tendo também passado para seu poder o histórico cinema do aeroporto. Tem piscina própria que de verão delicia os mais jovens, salão de jogos, bar, cantinho destinado aos mais pequeninos para que os pais possam desfrutar do espaço e ainda um espaço destinado aos seus atletas que não possam ir a casa antes do treino para que possam estudar ou fazer os trabalhos de casa. Depois caminhamos até ao campo municipal de Vila do Porto, onde ficamos a saber que no tempo do futebol de 11, que já não existe, a água era aquecida a lenha e quando o vento estava de certo lado, tomar banho não era fácil pois o fumo entrava para dentro em vez de sair, depois de ser palco de vários jogos importantes e do encerramento do futebol de 11, este campo foi espaço para feiras agropecuárias, circos, eventos musicais, etc. Seguimos para a pedreira do campo onde se pode ver como se extraia as grandes lajes de pedra de cantaria que serviram para a construção de tantas habitações e de como foram formadas, piroclaustos cuspidos pelo ar, que na queda se uniam devido a grandes temperaturas, Mesmo ao lado o poço do Jofre, era conhecido pela quantidade de peixes de água doce,

Atravessando pela zona industrial, caminho da canada do campo, fomos ao encontro do nosso mais jovem clube desportivo, os Marienses, Fundado a 25 de Outubro de 1984, os Marienses já levaram o nome de Santa Maria muito longe, de salientar à pouco tempo atrás recebemos na nossa ilha o sporting Clube de Portugal para os quartos de final da taça de Portugal em andebol. Um clube forte, que tem outras modalidades como a natação, o voleibol, o futsal e Basket. Este clube conta ainda com sala de jogos, zona de lazer com bar, 32 camas para as deslocações de outras equipas em competição e restaurante próprio aberto a toda a comunidade.
Próxima paragem, Convento dos Franciscanos, actual Câmara Municipal de Vila do Porto.
1ª Convento de Franciscanos dos Açores, foi á terceira tentativa e no ano de 1604 que foi concedida a bula, por parte de Roma para a construção de um convento na ilha. Pertencente a este convento encontra-se a igreja das Vitórias e de salientar a pintura em azulejo do século XI/XII à direita quem entra, que retrata o sermão de santo António aos peixes. Actualmente está ao serviço da câmara municipal, para eventos públicos.

 Descendo a rua principal fomos ao encontro do nosso mais antigo clube desportivo mariense o Gonçalo Velho.  
Fundado a 8 de Junho de 1945, o Clube Desportivo Gonçalo Velho conta com uma longa história no desporto mariense. Este clube conta hoje com várias modalidades como o basket, futsal masculino e feminino e é o único clube nos Açores com um núcleo de pedestrianismo.
Aqui podemos ver as merecidas homenagens ao seu fundador Manuel Viúla e ao seu mais antigo colaborador Max Brix Elisabeth, aos seus jogadores que tinham este clube no coração. Seguimos caminho até ao Forte de São Brás, atravessamos a ribeira de são Francisco e subimos em direcção a pedreira do campo para uma paragem obrigatória. A Pedreira do Campo é um Geositio, as suas formações vulcânicas ascendem os 5 milhões de anos, é visível a olho nu as várias erupções vulcânicas ocorridas entre os vários
milhões de anos, A primeira com sedimentos calcificados á cerca de 5 milhões de anos, uma seguinte de cor avermelhada ocorrida numa segunda erupção 2 mil anos depois e as pilolavas duma terceira erupção. Estas pillolavas foram bolas de lava arrefecidas automaticamente. De salientar que estas erupções acorreram
debaixo de água, ou Seja, toda aquela zona era uma zona subaquática. É ainda visível fosseis nas várias formações rochosas e mais a frente num miradouro pode-se admirar não só a paisagem da nossa costa com o ilhéu da vila ao fundo.  
Subida ao cume do Pico do Faicho com uma vista soberba sobre Vila do Porto e
Almagreira e do outro lado a Praia Formosa. Descemos a montanha em direcção à carreira onde nos deliciamos com a entrada no moinho de vento da carreira recentemente reconstruído.


Fonte das imagens: Luísa Coelho

Sem comentários:

Publicar um comentário