Gastronomia açoriana - Sopas de Espírito Santo

Estas sopas são sempre servidas nas funções ou festas do Espírito Santo, sendo servido seguidamente a alcatra com massa sovada ou com pão de mesa, conforme as freguesias.
Para um jantar de 10 a 12 pessoas, os ingredientes para confeccionar esta iguaria seriam:
2 Kg de carne de vaca (peito);
500 G de fígado de vaca;
250 G de sangue de vaca coalhado;
3 Dentes de alho;
2 Cebolas;
1 Ramo grande de hortelã;
1 Pau de canela;
1 Colher de sopa de massa de malagueta;
1 Repolho médio;
1 Colher de sopa de banha ou de manteiga;
1 Pão de trigo grande (duro);
1 Concha de molho de alcatra;
Sal.
 
Para a sua preparação:
Faz-se uma boneca deitando num pano os dentes de alho, as cebolas aos quartos, a hortelã, o pau de canela e a massa da malagueta. Ata-se com um cordel e mergulha-se na água para a sopa que já está temperada com sal. Leva-se ao lume e quando ferver introduz-se a carne e deixa-se cozer.
Estando a carne cozida, junta-se o repolho cortado aos quartos e a banha e continua a cozer.
À parte e em recipientes separados cozem-se em água o bocado de fígado inteiro e o sangue.
Corta-se o pão ao meio, no sentido horizontal, e depois em quatro ou cinco bocados (cada metade), no sentido vertical. Põe-se este pão (com o miolo voltado para cima) numa tigela. Dispõe-se por cima um ramo de hortelã e rega-se com uma concha de molho de alcatra. Espalham-se ainda por cima o repolho, algumas fatias pequenas de fígado e de sangue e rega-se tudo com um pouco de caldo. Fecha-se, e alguns minutos depois rega-se com o restante caldo. Cobre-se a sopa com uma toalha de linho e abafa-se com cobertores, ficando assim durante umas duas a três horas.
Comida a sopa, come-se a carne, e o que resta do fígado e do sangue.
 
 





Fonte: http://receitas.mundoazores.com/sopa-do-espirito-santo/
Patrícia Machado

Sem comentários:

Publicar um comentário