Concerto na Matriz das Lajes do Pico

© Rádio Pico


O concerto de Ano Novo da Filarmónica Lira Madalense é reapresentado no próximo domingo, pelas 21h00, na Igreja Matriz das Lajes do Pico. Com o concerto, organizado pelo Museu do Pico, pretende-se dar a conhecer noutros locais e a outros públicos da ilha o trabalho de uma das suas bandas filarmónicas. Fundada em 1897, a banda possui atualmente 55 elementos, dos nove aos 70 anos, e é dirigida pelo maestro Nuno Fernando Dias Pereira.


Diário Insular

Corvo visto do céu

A mais pequena ilha do Arquipélago  vista do céu, fica aqui este video de 2014 com imagens desta grande maravilha dos Açores.


Ilha do Corvo - 2014

Video de Medeiros Lourenço através de aeromodelismo eléctrico.

Fonte: http://www.iloveazores.net/2014/11/corvo-visto-do-ceu.html#.VL6FY9IwqGM
https://www.youtube.com/watch?v=8wqTZt4moJw


Andreia Goulart

Entrevista à Artesã Eduarda Melo

 Em são Jorge na freguesia da beira, no caminho velho podemos encontrar a Casa de Artesanato Eduarda Melo. Por curiosidade, fomos conhecer este espaço. Para esse prepósito, entrevistamos a Artesã Eduarda Melo. 




 GM -  Boa tarde Senhora Eduarda Melo, para iniciar a nossa entrevista gostaria que me contasse um pouco do trajeto da Casa de Artesanato, bem como o seu percurso na mesma.

EM -  A Casa de Artesanato está aberta aproximadamente há cinquenta anos,naquele tempo não havendo possibilidades de estudar segui os passos da minha mãe fazendo artesanato.
Aos doze anos de idade começei a tecer nos teares pequenos, e aos quinze anos já tecia nos teares de duas pesseoas os maiores.

GM - Que artigos procuram essencialmente?

EM -  Os clientes procuram um pouco de tudo, desde as mantas de retalhos, panos individuais, páineis,tapetes e as  colchas de  ponto alto são as mais procuradas.

GM -  Os clientes, apreciam saber a utilidade que os nossos antepassados davam aos produtos que estão a comprar?

EM - Sim, gostam de saber de onde vêm as origens e até presenciar os trabalhos.

GM - Tevo o privilégio de ter ido a feiras com os seus trabalhos?

EM -Sim, já fui a várias, desde nacionais a internacionais.

GM -  Muito obrigado pela sua disponibilidade, desejando de igual modo sucesso nas suas vendas.

EM -  Muito obrigado por se ter lembrado de me entrevistar a respeito da nossa Casa de  Artesanato e espero que com esta entrevista haja uma maior divulgação da mesma.


Gina Maciel



Feira Internacional de Turismo - BTL 2015




É já entre 25 de Fevereiro e 01 de Março que Lisboa recebe novamente a BTL – Feira Internacional de Turismo, aquela que é considerada a maior feira do sector em Portugal.

Alinhada com a indústria nacional do Turismo, a Fundação AIP, através da AIP – Feiras, Congressos e Eventos, anunciou que a 27ª edição da BTL – Feira Internacional de Turismo decorrerá entre os dias 25 de Fevereiro e 01 de Março de 2015.

Esta data foi seleccionada depois de condulta prévia dos parceiros e dos mais importantes agentes económicos do sector, estando já a organização a articular as linhas de força da 27ª edição do maior evento nacional do Turismo em Portugal.

De acordo com Fátima Vila Maior, directora de Área de Feiras da FIL e responsável pela BTL, "em 2015 o sector da Meeting Industry vai continuar a ser uma aposta estratégica da organização. Os fortes indicadores de desempenho desta área continuam a dar visibilidade e a trazer muitos eventos a Portugal, como atestam os recentes dados da ICCA, com Lisboa e o Porto a terem subidas impressionantes no raking das cidades com mais congressos associativos em 2013. A BTL quer contribuir e muito para que Portugal continue o seu caminho de sucesso para se tornar um dos principais destinos europeus deste sector".

Na edição de 2014, a BTL, salão de referência para a indústria do turismo nacional e maior feira de turismo falada em português, ponto de encontro privilegiado para a apresentação da oferta turística dos países da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa, encerrou as suas portas com um crescimento de visitantes na ordem dos 9%, registando um total de 68.250 visitantes, dos quais 2.882 eram profissionais estrangeiros. 
O programa de Hosted Buyers contou com 400 convidados oriundos de 29 mercados.

Não perca as novidades deste ano.




Fontes: http://btl.fil.pt/

            http://www.hardmusica.pt/lazer/turismo/25841-btl-ja-tem-data-marcada.html

Dia das amigas nos Açores



Açorianas saem à noite, lotando restaurantes, bares e discotecas
Hoje comemora-se o Dia de Amigas nos Açores. A única noite do ano em que os homens habituados à boémia nocturna se retraem de sair, porque sabem que fora de casa podem ser hostilizados por centenas de mulheres que se apropriam de restaurantes, bares e discotecas para festejar a sua amizade.
Os únicos que entram livremente nesses locais chegam normalmente do Continente e são pagos para fazer espectáculos de striptease. É a noite das amigas (com os homens acontece o mesmo, só que na lógi- ca inversa) e ninguém leva a mal. A começar pelos próprios companheiros, que ficam em casa a tomar conta dos filhos e a tratar das lides domésticas.
É genuinamente açoriana a tradição de festejar o Dia dos Amigos, das Amigas, dos Compadres e das Comadres nas quatro quintas-feiras antes do Carnaval. Uma tradição que remonta ao século XIX e que terá tido início com pacatos almoços de funcionárias públicas. Depois, com o passar dos anos, os almoços passaram a ser jantares com programas gradualmente de maior farra.

Fonte: Diário de Noticias 

Ana Antunes

Lenda da Graciosa encantada




A Graciosa, à semelhança de outras ilhas dos Açores, era assolada em tempos muito antigos por abalos de terra e rebentamentos de vulcões. Por isso todos os seus Picos, que são muitos, são rebentados, isto é, já deram sinais de vulcanismo. Assim aconteceu ao Pico Timão, ao Pico da Hortelã, ao Pico das Bichas ou ao Pico da Brasileira, que, em tempos distantes, foram lugares onde vulcões violentos se manifestaram, lançando fogo e lava. Só o Pico da Ladeira nunca rebentou.
 A Ladeira, que se avista de vários pontos da Ilha Branca, é formada por um terreno muito húmido e pantanoso, por conter no seu interior grandes quantidades de água. Até hoje este pico nunca rebentou porque está protegido por três Marias. Numa ponta, sobre um monte sobranceiro a Santa Cruz fica a Senhora da Ajuda. Quase ao centro da ilha, está Nossa Senhora do Guadalupe, que é comadre da primeira Santa: Na outra ponta da ilha, na Praia, é a morada da Senhora Santa Ana, mãe das outras duas Santas. E a força protectora destas três Santas que defende a Ladeira.

 Se algum dia esta protecção deixar de se exercer, o Pico da Ladeira rebentará e, do seu interior, será lançada, não lava escaldante, mas a grande quantidade de água hoje contida no seu interior. E tanta, tanta água que a Graciosa será arrasada. Então vai ser o fim, mas também o princípio porque a verdadeira Graciosa, a que está encantada, há-de aparecer e ocupar o lugar deixado por este ilhéu da Graciosa, onde agora vivem os da Graciosa.
 Muitas vezes a verdadeira ilha Graciosa tem aparecido a quem tem o poder de ver ilhas encantadas. Na noite mais pequena do ano, a noite de S. João, entre as onze horas e a meia-noite, surge toda iluminada, no mar, para as bandas do oeste, do lado de fora da Beira-Mar da Vitória. Só aparece por instantes e logo desaparece, permanecendo encantada, como muitas outras ilhas nos mares dos Açores, até que chegue o momento do desencantamento.



Espaço aéreo dos Açores Liberado





É a 29 de Março que se dará inicio à liberalização dos espaço aéreo entre os Açores e o Continente, segundo informação publicada no Jornal Oficial da União Europeia. 

A revogação das obrigações de serviço público nas ligações aéreas entre as ilhas de São Miguel, Terceira e o Continente (Lisboa e Porto) foram publicadas no Jornal acima referido, após terem sido enviadas para Bruxelas pelo Governo Português, para a respectiva autorização pela Comissão. 

Para Vasco Cordeiro, presidente do Governo dos Açores, "é motivo de satisfação o facto de ter sido publicado esse novo modelo e, no fundo, a questão de flexibilizar as regras de transporte aéreo para algumas das "gateways" (aeroportos com ligações para o exterior do arquipélago) dos Açores, uma vez que as outras continuam subordinadas às obrigações de serviço público"

É um respirar fundo pela parte dos Açorianos sendo que este é uma peça fundamenta em todo este modelo de transporte aéreo para os Açores. 

Espera-se então que o Turismo venha a beneficiar desta mais valia e que em breve as belas ilhas dos Açores possam ser descobertas e redescobertas pelos seus imensos fãs e entusiastas. 

Romeiros - São Miguel

Este ano, na ilha de São Miguel, mais de meia centena de ranchos, no total de cerca de dois mil e quinhentos romeiros participam nas romarias quaresmais.

No retiro que se realizou, contaram com a presença do Bispo dos Açores, D. António de Sousa Braga que refere que para além da tradição, as romarias são um ponto alto da expressão da fé.

Acrescenta ainda que as romarias da ilha de São Miguel são as tradicionais e devem ser preservadas, porém, não vê nenhum mal que pratiquem peregrinações ou romarias em outras ilhas.

As romarias quaresmais este ano decorrem a vinte e um de fevereiro a dois de abril.


Fonte: http://www.rtp.pt/acores/?article=39013&visual=3&layout=10&tm=7

Elisabete Rosa

Turismo Sénior está a crescer nos Açores

Este pacote promocional custa entre 25€ e 75€. A campanha já com diversas edições terminou as candidaturas.
960 idosos fazem as suas férias cá dentro em época baixa.
Meio milhão de euros de investimento com retorno, retorno esse que se prolonga também à vertente social.
Uma semana de férias para destinos inter-ilhas entre os meses de Fevereiro e Abril. Das novidades, constam ainda este ano as viagens de avião e um guia do viajante juntamente com as informações de bordo.
Foi o Governo Regional quem lançou este projeto e, sublinha que esta é uma forma de promover o turismo na época baixa.



Fonte: http://www.rtp.pt/acores/index.php?article=38984&visual=3&layout=10&tm=7 / travelwings.pt

HOTEL SANTA MARIA DIA DE AMIGAS



Festeje o dia de Amigas no Hotel de Santa Maria a 29 de Janeiro de 2015.
Carnaval é alegria, brincadeira e muita energia…

Dia 29 de Janeiro venha passar connosco um bom momento e festeje o DIA DAS AMIGAS.
À sua espera tem bastante diversão com música ao vivo com Vultão e sorteios variados que inclui Voucher para a Madeira e Noite para o Dia dos Namorados e outras surpresas.

Pode fazer a sua reserva através do n.º 296 820 660 ou pelo email reservas@hotel-santamaria.pt.
Fonte:http://santamariaazores.net/web/#.VLzr9dIwrwE


Hélder Bettencourt - Maestro / Compositor * Pico



Hélder Bettencourt colabora com filarmónicas como músico e apoio de formação musical. Pertence à Orquestra Lira Açoriana com funções de compositor, maestro-adjunto e clarinete solista. Faz ações de formação em clarinete e tem ao seu cargo os músicos das ilhas do Pico e Faial. Compositor/arranjador para concursos juvenis, filarmónicas, orquestras e também para duos, trios e outros tipos de ensembles. Foi distinguido com Menção Honrosa no I Concurso de Composição da Banda Sinfónica Portuguesa, com a obra 2351.


The Rise: 2351

Fontes: http://mirateca.com/discoverazores/_m%C3%BAsica/helderbettencourt/default.aspx
Foto: https://plus.google.com/101972167537876026293/posts
https://www.youtube.com/watch?v=RbIwIEonAC0

Andreia Goulart

Dança "Contemporânea"

  


No dia 25 de janeiro pelas 16:00h na Praia da Vitória, na Ilha Terceira, no Auditório do Ramo Grande venha assistir ao Espétaculo Melius Nostri, apresentado pelo grupo "New Creative"orientado pela Professora Lisandra Martins.

Este Espetáculo é para maiores de doze anos com entrada livre.

A Dança Contemporânea surgiu na década de 1960, mais que uma técnica específica, a dança Contemporânea nasce no seguimento da dança moderna.


Fontes:www.diárioinsular.com 
 https://www.facebook.com/lisandra.martins.danca/photos/a.844518022266639.1073741829.844482378936870/844529172265524/?type=1&theater
 http://jpn.up.pt/2008/12/22/o-que-e-a-danca-contemporanea/

Gina Maciel

Mar dos Açores em vídeo musical

Diário Insular

O mar dos Açores serviu de pano de fundo ao mais recente videoclip de Scott Jablonski, conhecido no meio como SJ, um cantor e autor norte-americano maioritariamente conhecido pelo seu estilo musical acústico.
O projeto, pensado por SJ no âmbito da sua série de reinterpretações de temas conhecidos, intitulada "Covers & Others", fez parte do ciclo de vídeos musicais que mostram o trabalho de várias organizações científicas, ambientais ou sociais um pouco por todo o Mundo.
Cerca de duzentos metros debaixo de água, foi a vez de a organização sem fins lucrativos norte-americana Project Baseline mostrar, ao som de uma interpretação de SJ do tema "Yellow", da banda britânica Coldplay, a expedição científica que realizou em território português.
O objetivo principal foi "estudar a bela e ameaçada diversidade marítima dos Açores", segundo um comunicado daquela organização, que classifica o património marítimo do arquipélago como "um carismático ecossistema com vida marinha de cortar a respiração".
Desta expedição fizeram também parte membros nacionais do IMAR - Centro do Mar e Ambiente e do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores (UAç).
Segundo Hélder Silva, membro do DOP, "a expedição foi feita em vários pontos do mar dos Açores", em diversas ilhas, tendo sido recolhidos vídeos, fotografias, amostras e cerca de duzentos espécimes, principalmente por via de mergulho.
"O objetivo do Project Baseline é fazer o levantamento do estado ambiental dos mares globais, não só dos Açores", explica Hélder Silva.
Diz ainda que o extenso trabalho do DOP na descoberta de novas espécies de corais no arquipélago e na medição dos níveis de pH das águas da região poderá estar na base do interesse do Project Baseline.
Grande parte do foco daquela organização foi recolher amostras de corais pretos e vermelhos, de forma a "recolher dados que consigam identificar quaisquer alterações na saúde dos ecossistemas ao longo do tempo", diz o comunicado do Project Baseline.
Segundo o site daquela organização sem fins lucrativos, os seus membros estão abertos à participação de todos os mergulhadores, amadores ou não, que se interessem por descobrir novos terrenos subaquáticos nunca antes visitados.
O Project Baseline é uma iniciativa da Global Underwater Explorers, uma organização mundial também sem fins lucrativos e que tem como propósito a exploração e a proteção do meio aquático.
Atualmente, a iniciativa Project Baseline conta com vários projetos de estudo dos mares em 23 países, podendo os seus vídeos ser vistos através do site Youtube.


Diário Insular

Azores Fringe com inscrições abertas




Estão abertas, até ao próximo 1 de fevereiro as inscrições para o festival Azores Fringe. Um evento de caráter artístico com os eventos propriamente ditos a decorrerem no próximo mês de junho. A candidatura das propostas é feita online em www.azoresfringe.com.
O movimento internacional Fringe conta mais de 300 festivais espalhados um pouco por todo o mundo, impondo-se como patrocinador  das  Artes e dos artistas. O Azores Fringe, o maior deste género a nível regional, apoia os artistas na concretização dos seus trabalhos, catapultando a produção artística açoriana para o mundo.
No arquipélago dos Açores é a MiratecArts, sediada na ilha do Pico, a responsável pela organização deste evento, aliando-se a diversas entidades das restantes ilhas da região de forma a maximizar a quantidade de projetos artísticos apoiados.
Nas duas primeiras edições deste festival participaram mais de 380 artistas de diversas áreas da cultura, oriundos dos dois arquipélagos portugueses, de Portugal continental e de mais de 30 países diferentes. Entre as atividades para miúdos e graúdos proporcionadas pelo festival constam lançamentos de livros, palestras com temática relativa à cultura artística, Instalações na paisagem de vinha protegida, exposições, workshops, espetáculos de dança, teatro e música, expedições fotográficas no Pico, e até uma experiência de “palco aberto”, em que o público era livre de entreter, da forma que pretende-se, os presentes durante cinco minutos.
O Teatro Faialense já recebeu eventos deste festival, bem como as três cidades de São Miguel e as ilhas das Flores , Graciosa, Santa Maria e Terceira.
O número de projetos apoiados dependerá da quantidade de parceiros conseguidos,  podendo o apoio ser de índole financeira, concessão de espaços para receber as iniciativas ou dádiva de produtos diversos que ajudem à concretização destes.

Fonte do texto: http://www.tribunadasilhas.pt/index.php/regional/item/9528-azores-fringe-com-inscri%C3%A7%C3%B5es-abertas

Dia Mundial da Liberdade - 23 de Janeiro




Ao falar em Liberdade a primeira coisa que nos passa pela cabeça é "Fazer o que nos apetece sem dar satisfações a ninguém!" 

No entanto a liberdade não se transmite só nisso. Viver em sociedade implica que seja impossível que cada um faça o que quer sem pensar nos outros. Seja a que grupo que nós pertençamos, a liberdade só é verdadeiramente gozada se respeitarmos as regras. Regras simples, claras, equilibrados e justas. 
Em países democráticos como Portugal, as leias são feitas e muitas vezes aperfeiçoadas de forma a garantir a liberdade a toda a gente : Liberdade de expressão, Liberdade política, Liberdade religiosa. Já imaginaram como seria viver num país onde não existe liberdade? Onde não poderia escolher que filme ver no cinema, que música ouvir ou que livro ler ?

Conquista 

Livre não sou que nem a própria vida 
Mo consente. 
Mas a minha aguerrida
Teimosia
É quebrar dia a dia
Um grilhão da corrente.

Livre não sou, mas quero a liberdade.
Trago-a dentro de mim como um destino.
E vão lá desdizer o sonho do menino 
Que se afogou e flutua
Entre nenúfares de serenidade 
Depois de ter a lua! 

Miguel Torga, in "Cântico do Homem"



E para si caro leitor? O que é a liberdade para si? 

Canário-da-Terra - Serinus Canaria

O canário-da-terra é uma ave que tem cerca de 12,5 cm de comprimento e apresenta características nos machos diferentes das fêmeas.

Enquanto que a fêmea possui uma plumagem acastanhada, o macho apresenta uma plumagem amarelo-vivo na zona ventral. 

Os bordos das penas das asas tanto dos machos como das fêmeas são acizentadas e têm a cauda cinzento-acastanhada e de comprimento médio.

Vivem em zonas rurais, áreas florestadas e jardins, uma vez que a vegetação serve de refúgio e de local de nidificação.

Alimentam-se de todo o tipo de sementes e têm um canto muito bonito e peculiar.
  
Esta ave está em todo o arquipélago dos Açores, podendo-se observar esta espécie no aeroporto de Santa Maria e zona envolvente, Sete Cidades, Furnas e Covoada na ilha de São Miguel; Cabo da Praia, Belo Jardim, Lagoa do Junco, Lagoa do Negro, Pico da Bagacina, Fajã da Serreta e Contendas na ilha Terceira; Pedro Miguel, Feteira, Castelo Branco na ilha do Faial; Lagoa do Capitão, Criação Velha, Cachorro, Cabrito na ilha do Pico; Ponta dos Rosais, Parque Florestal das Sete Fontes, São Tomé e Topo na ilha de São Jorge. 

Fontes:http://azores.avesdeportugal.info/avesercan.html
http://www.azores.gov.pt/Gra/srrn-cets/conteudos/livres/Can%C3%A1rio-da-Terra.htm
Elisabete Rosa

Mergulho nos Açores terá novas regras


As condições excepcionais de localização e clima do arquipélago dos Açores faz com que seja um destino de excelência para o mergulho. 


Os mergulhos são muito variados, havendo sempre spots para todas as certificações e gostos.
Pode-se praticar todo o ano, sendo a melhor altura de Junho a Novembro. Se pudesse escolher um só mês, escolhia Setembro ( melhor temperatura e maiores visibilidades).
Temperatura da agua varia entre 16cº no Inverno  a 24cº no Verão.
Visibilidade é boa todo o Ano, chegando por vezes a mais de 30 metros, um dia de má visibilidade fica-se pelos 10 metros.
A vida marinha é variada e abundante, havendo infelizmente algumas zonas lindíssimas de formação rochosa mas com pouca vida por causa do esforço de pesca.
O mergulho nos Açores tem capacidades para se afirmar como um dos destinos melhores do mundo, muita promoção tem sido feita mas cabe a todos nós preservar este tesouro subaquático.

Por isso não esqueça de se informar sobre as novas regras que entram em vigor em 2015.

Aqui ficam alguns locais de referência para mergulho dos Açores.

Formigas e Dollabarat, Dori, Lourenços, Baixa das Coroas, Arcos do cruzeiro, Baixa agua de Pau, Arcos do hotel, Baixa da Sardinha, Ilhéu da Vila Franca, Ancoras, Baixa Rosto Preto, Cabeços dentro e fora do Ilhéu da Vila, Baixa da Sineira, baixa do Frade, Amora, Pedras Virgens, Lobeira, etc.





Fonte: http://www.azoresapartments.com/mergulho-nos-a%C3%A7ores.php

Câmara da Madalena Promove Aulas de Informática para Idosos


Depois do enorme sucesso da primeira edição do curso, frequentado por dezenas de seniores do Concelho, a autarquia tem abertas inscrições para nova formação, leccionada de forma completamente gratuita para os idosos.

Fonte: Câmara Municipal da Madalena

Ana Antunes

Ermida de Nossa senhora da Vitória- Graciosa



Sob a invocação de Nossa Senhora da Vitória, foi erguida em comemoração a uma vitória dos habitantes da ilha após terem conseguido a expulsão de piratas da Barbaria, que tinham desembarcado pelo Porto Afonso no dia 19 de Maio de 1623 e iniciado o saque das localidades da ilha.
   Segundo a tradição, o ataque custou a vida ao pirata líder do assalto, que terá ficado sepultado próximo à ermida. Um dos reféns levados para Argel foi o capitão Pedro Cunha Ávila que, depois de libertado, pediu esmola em Lisboa para adquirir a imagem da Senhora da Vitória. Com ela regressou à Graciosa e construiu a ermida com a ajuda do povo.
   A festa de Nossa Senhora da Vitória foi uma das maiores romarias da Graciosa. Na terça-feira do Espírito Santo ninguém trabalhava e de toda ilha chegavam famílias a pé, de burro ou em carros de bois. Chegavam ainda de manhã e ouviam missa antes de abrirem os farnéis à sombra dos salgueiros.


Moinho de vento de Santa Maria


Em todas as ilhas existem moinhos de vento e cada um com o seu estilo próprio e o de Santa Maria não é excepção.
O moinho de vento mariense possui uma cúpula rotativa giratória de madeira oitavada piramidal e os parais (o que chamamos de velas) em forma de cruz onde levam os panos para movimentar o eixo da pedra com o vento.
O corpo fixo do moinho é troncónico em alvenaria de pedra rebocada e caiada, tem dois andares com uma porta na parte de baixo e duas janelas na parte de cima.
Em Santa Maria podem-se encontrar vários moinhos a maioria já em estado de degradação.

O moinho do Ginjal é dos únicos que ainda está em funcionamento e aberto ao público. 

Hydrangea macrophylla (Thunb.) Sér. (HYDRANGEACEAE) – Hortensia, Novelhões

Este arbusto originário do Japão, presente em todas as ilhas dos Açores, forma com as suas sebes floridas de azul e branco um dos elementos típico da paisagem de algumas das ilhas, ao ponto desta espécie ter sido utilizada com imagem turística. Terá sido introduzida provavelmente por meados do séc. XIX. As flores, muito atractivas e abundantes, conferem a esta espécie grande interesse ornamental. É usada ainda com a tradicional função de sebe viva, na compartimentação de terrenos. Não admira pois que esta infestante tenha tido como um dos principais agentes da sua disseminação o Homem.
No entanto, graças à sua habilidade competitiva, reproduzindo-se por semente e vegetativamente, escapa frequentemente colonizando pastagens, ravinas e crateras onde a vegetação natural tenha sido perturbada.
A hortênsia também conhecida como hortense ou hidrângea é uma planta  de folhas largas que possui muitas flores em diversas cores como azul, rosa, vermelha, branca e lilás, além das cores as formas também possui variedades sendo possível achar flores recortadas, arredondadas, triangulares e estreladas. Uma curiosidade é que a coloração das hortênsias são de acordo com o solo, ou seja, depende do PH do solo. Nos solos ácidos as hortênsias possuem cores mais azuladas enquanto em solos alcalinos elas possuem cores róseas.