O Mel DOP dos Açores – Mel de Incenso e Multiflora

 Imagem : http://desertosedesertificacao.blogspot.pt

Segundo a definição da FAO/OMS  o mel é uma…“ substância açucarada obtida a partir do néctar das flores ou das secreções provenientes de partes vivas das plantas ou que sobre elas se encontram e que as abelhas melíficas libam, transformam e combinam com matérias específicas, armazenando-a depois em favos da colmeia ”. 

O  mel é um produto, verdadeiramente biológico, muito complexo em que a sua composição varia notavelmente como consequência da flora que lhe deu origem.

Os especialistas caracterizam o mel quanto à sua origem, ao seu sabor e aroma, à cor e sua consistência. Quanto a sua origem o mel é caracterizado como mel floral quando obtido dos néctares das flores,  mel unifloral ou monoflora quando o produto proceda principalmente da origem de flores de uma mesma família, género ou espécie e possua características sensoriais, físico-químicas e microscópicas próprias. Mel multifloral ou polifloral quando obtido a partir de diferentes origens florais.
O sabor e o aroma estão directamente ligados a cor do mel. Quanto mais escuro este for, mais rico em minerais, e consequentemente, apresenta sabor e aroma mais intenso. O mel claro é considerado pobre em minerais e apresenta sabor e aroma mais agradável.
A cor do mel é variável, dependendo da sua composição. Quanto mais escuro (cor de café) mais rico em minerais e mais forte é o seu sabor; quanto mais claro mais pobre em sais minerais podendo até, apresentar-se quase incolor, neste caso o sabor é suave.
Quanto à sua consistência o mel é caracterizado como de consistência líquida, líquida-cristalizada, líquida-granulada, cristalizada, granulada e cremosa.

http://desertosedesertificacao.blogspot.pt/
 Imagem : http://www.azores.gov.pt

O Mel DOP dos Açores – Mel de Incenso e multiflora
 A natureza climática do arquipélago dos Açores e a ausência de doenças graves das abelhas pela descontinuidade continental, a diversidade e riqueza da flora açoriana criam as condições propícias para a obtenção de mel de alta qualidade na região, potenciando o desenvolvimento da apicultura em todo arquipélago.
Imagem: www.companhiadosabores.pt

É conhecido como “Mel dos Açores” o mel de néctar centrifugado, obtido principalmente a partir dos néctares de incenso (Pittosporum undulatum) e multiflora.

Algumas características dos méis. O mel de incenso apresenta cor variável entre uma tonalidade quase incolor amarelado, odor delicado e perfumado, de sabor muito doce com paladar típico, baseado nos óleos essenciais de incenso e tem consistência fluída. O mel multiflora, apresenta tonalidade de cor castanho-escuro indicando ser rico em sais minerais, com sabor agradável e consistência fluída.

Texto de André Santos


2 comentários: