“Festa do Vime” abre portas a novos mercados turísticos – Ilha de Santa Maria

Este mês de março viu acontecer a primeira Festa do Vime da MiratecArts na ilha de Santa Maria. Com o apoio e liderança da Oficina de Artesanato, na Vila do Porto, com a artista e artesã Aida Bairos, um programa de atividades deu a oportunidade à população de participar na preparação do vime até à arte.
Desde a colheita do vime à plantação das estacas, passando pela cozedura e pelo descascar até à aprendizagem de como construir peças com os próprios vimes, dezenas de participantes tiveram uma experiência única em campo no local do Forno, em Santa Bárbara, até à Oficina de Artesanato, na Vila do Porto. “Esta experiência única deu-me prazer para mostrar aquilo que está por detrás de cada peça” diz Aida Bairos. “Assim, abrindo portas ao meu dia-a-dia, durante a Festa do Vime, espero que os participantes conheçam melhor a realidade e os desafios que os artesãos têm diariamente para construir os seus trabalhos.”
O vime é um material usado desde os tempos primitivos, originalmente oriundo de varas moles e flexíveis do vimeiro. Nos Açores, sempre foi utilizado para cestos na agricultura, na vitivinicultura e na cestaria, para frutas. Atualmente, trabalhos de vime são mais utilizados para embelezar e decorar as casas e menos na agricultura.
Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts, deseja continuar a desenvolver este projeto da Festa do Vime, não só como projeto artístico mas também como projeto para cativar novos mercados turísticos para os Açores. “Através das artes tradicionais, consegue-se desenvolver programas contemporâneos com os nossos artesãos e artistas, da região, e foi isso que mostrámos com esta Festa do Vime, onde houve a participação de marienses, para além destes uma jovem micaelense que se deslocou propositadamente à ilha e ainda alguns emigrantes que estando na ilha de férias se juntaram participando nas atividades. Promovendo este tipo de atividade conseguimos cativar pessoas interessadas em aprender sobre o que se faz nas ilhas e, ao mesmo tempo, progredimos nas artes como fonte económica para os Açores.”










Fonte: Mark Marques - http://info-fajas.pt/index.php/2017/03/14/festa-do-vime-abre-portas-novos-mercados-turisticos-ilha-santa-maria/
 
Patrícia Machado

Sem comentários:

Publicar um comentário