Fauna e Flora dos Açores

FAUNA



Nos Açores, actualmente, não se pode dizer que existem espécies endémicas no sentido estrito do termo, as espécies é que se desenvolveram de forma única, a nível de dimensão e de coloração, tornando se em subespécies do arquipélago. 

Estamos numa óptima localização quanto às rotas de muitas aves migratórias do Oceano Atlântico de muitas aves migratórias, que encontram um ponto seguro de descanso, nidificação e de reprodução nas nossas ilhas. Entre as espécies de aves que se adaptaram bem aos Açores estão o Milhafre, o Pombo-trocaz, o Garajau e o Cagarro. 

As espécies de mamíferos mais comuns são: o Furão, o Coelho selvagem, a doninha-anã e o Cão-de-fila, Este adaptou-se excelentemente às condições particulares do arquipélago. Actualmente, é uma raça de cão vigia reconhecida nacional e internacionalmente; é um cão extremamente leal, inteligente e resistente que tem como sua função a vigia e guarda do gado.




FLORA



O solo açoriano tanto pode ser muito fértil, como ser extremamente impróprio para o cultivo, sobretudo nas suas encostas com um acentuado declive. 

Actualmente a vegetação endémica dos Açores é constituída por 56 espécies diferentes, considerada uma das mais importantes floras da Europa, devido, acima de tudo, ao seu alto valor botânico e científico. Algumas dessas espécies são a Urze (Erica azorica), o Pau-Branco (Picconia azorica) e o Cedro (Juníperus brevifolia). Com a flora Endémica coabita a flora da Macronésia à qual pertencem o Louro (Laurus azorica) e o Sanguinho (Fragula azorica).




A Flora dos Açores também é constituída por outras espécies introduzidas com fins comerciais, como exemplo fins ornamentais. A nível comercial podemos distinguir a Acácia (Acácia melanoxylon) e a Criptoméria japónica; estas espécies são muito apreciadas pela construção civil. Já a nível ornamental temos as Camélias (Camellia japonica) e as famosas Hortênsias (Hydranga macrophylla), as quais podemos observar ao longo das belas paisagens açorianas, sobretudo nas zonas de pastagem.

Fonte: http://www.eccn.edu.pt/ap/turismo/fauna_e_flora.htm

O Mar em redor dos Açores é dos mais ricos do Oceano Atlântico, mas pode-se encontrar o atum, o tubarão (em várias espécies), a moreia, o peixe-espada e o chicharro. O Cachalote é o mais frequente dos cetáceos a ser observado; este era caçado pelos habitantes de algumas ilhas sendo uma grande fonte de rendimento. Actualmente a sua caça está interdita. Também se avista com alguma regularidade a baleia-de-bossas e a Orca, não esquecendo as várias espécies de golfinhos desde o comum, o pintado até ao riscado.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário